ParaPraPensar.com

NÃO ESQUEÇAM O PRINCIPAL!

“Que aflição os espera, mestres da lei e fariseus! Hipócritas! Têm o cuidado de dar o dízimo da hortelã, do endro e do cominho, mas negligenciam os aspectos mais importantes da lei: justiça, misericórdia e fé. Sim, vocês deviam fazer essas coisas, mas sem descuidar das mais importantes.”. Mateus 23:23 (NVT)

Talvez você, assim como eu, seja chamado a atenção pela dureza com a qual Jesus diz tais palavras. Me soa muito severo esse discurso, e as vezes temos dificuldades em enxergar esse Jesus severo, que também é manso e humilde de coração. Geralmente, caímos no erro de enfatizarmos uma característica do nosso Senhor em detrimento de outras. Por exemplo: Ele é amor, sabemos, mas temos dificuldades em compreender Sua santa Ira; Ele é manso, também nos é sabido, mas enxergamos com dificuldades o Jesus feroz que enxotou os comerciantes no Templo. Todavia, penso ser impossível você ler este texto e não conceber a ideia de que Jesus proferiu com dureza tais palavras.

Mas, porque Jesus falou dessa maneira se os fariseus dizimavam a hortelã, o endro e o cominho? Afinal, eles estavam fazendo o que a Lei lhes exigia. Como está escrito no livro de Levíticos a clara ordenança: “Todos os dízimos da terra, seja dos cereais, seja das frutas das árvores, pertencem ao Senhor; são consagrados ao Senhor”(Lv 27:30). Tendo em vista isso, podemos pensar que os fariseus e escribas estavam corretos em sua prática. Entretanto, a crítica de Jesus não é pelo que fazem, mas pelo que não fazem. Essa crítica aconteceu pelo motivo de que, apesar de dizimar “do campo, da semente do campo e do fruto das árvores”, eles estavam desprezando “o mais importante da Lei: justiça, misericórdia e fé”.

Não podemos nos assemelhar ao fariseus, que praticavam umas coisas da Lei em detrimento de outras. Devemos buscar a prática da Lei por completo. Neglicenciar alguns aspectos da Lei por nosso bel-prazer não deve ser uma opção. Nossa busca tem que sempre ser pelo todo . A prática da justiça, misericórdia e fé devem ser diárias em nossas vidas. Portanto, sejamos justos, tenhamos fome e sede de justiça; sejamos misericordiosos e pessoas de firme fé. Para a glória Dele, amém!

Victor Augusto


Você está autorizado e incentivado a reproduzir e distribuir este material em qualquer formato, desde que informe o autor e o blog www.paraprapensar.com, não altere o conteúdo original e não o utilize para fins comerciais.

Comentários

comentários