ParaPraPensar.com

SOMOS POBRES DE ESPÍRITO?

“Bem-aventurados os pobres em espírito, pois deles é o Reino dos céus”. Mateus 5:3 (NVI)

No capítulo 5 de Mateus nós encontramos, como escreveu John Wesley, oito exemplos da verdadeira religião, e o primeiro exemplo é por onde geralmente se se inicia o caminhar no cristianismo genuíno: a pobreza de espírito. Mas o que é ser pobre de espírito? E será que todos nós podemos ou devemos ser?

Em poucas palavras, sermos pobres de espírito é termos consciência da nossa inteira dependência de Deus; é sermos humildes no que diz respeito às nossas próprias capacidades; é sabermos que somos miseráveis pecadores; é estarmos convictos dos nossos próprios pecados e fraquezas; é reconhecer que precisamos de Deus todos os dias.

Devemos ser humildes de espírito e reconhecer que só merecemos condenação, mas que recebemos graça e salvação da parte do Pai, por amor Dele, não por mérito nosso. Tudo o que somos ou fazemos e por Ele e deve também ser para Ele.

Sejamos bem-aventurados e vivamos prostrados aos pés do nosso Rei e Senhor, com humildade e devoção. Para a glória do Cristo, amém!

Victor Augusto


Você está autorizado e incentivado a reproduzir e distribuir este material em qualquer formato, desde que informe o autor e o blog www.paraprapensar.com, não altere o conteúdo original e não o utilize para fins comerciais.