ParaPraPensar.com

MELHOR É O POUCO NO TEMOR DELE!

“É melhor possuir poucos bens com o temor do SENHOR do que ser rico e viver infeliz.” Provérbios 15:16 (KJA)

Ao ler este texto, nem me parece que ele foi escrito em uma época tão distante da nossa, me parece que foi ontem mesmo que Salomão o escreveu. Em tempos como os nossos, nos quais quem vale mais é quem tem mais, em que existe uma busca desenfreada por mais recursos, por mais bens, por mais dinheiro, nossa… me parece mesmo que Salomão escreveu para nós hoje.

Hoje, talvez mais que antes, encontramos pessoas que possuem um alto poder aquisitivo e com isso compram tudo o que lhes convém, porém lhes falta felicidade, amor, companheirismo, pois tais coisas não se podem comprar com dinheiro. Ao menos em mim não há dúvidas de que é melhor possuir poucos bens com o temor do SENHOR do que ser rico e viver infeliz. Espero que esta certeza esteja em você também, pois do que nos adiantaria possuir tantos bens e viver sem sentir paz interior, paz que só o Senhor pode conceder?

Todavia, em contraponto, também encontramos várias pessoas que não tem tanto poder de compra e são felizes com o que têm, satisfeitas com o que o Senhor lhes proporcionou. Não vivem resmungando por não ter tudo o que pessoa A ou pessoa B podem ter, são felizes por compreender a riqueza que há em Cristo e os incalculáveis tesouros que são encontrados em nosso Senhor e no serviço a Ele. Riquezas estas que não precisam de cifrões, pois não são medidas por meros valores monetários.

Ter pouco com o temor do Senhor é viver satisfeito e feliz com o que se tem, e isto é infinitamente melhor do que ser o mais rico de todos e ao mesmo tempo o mais infeliz. Que venhamos buscar estes tesouros, os que são encontrado em Jesus, e não as riquezas terrenas.

Que o Eterno nos ensine a cada dia que o nosso tesouro não é daqui, mas de lá. Amém!

Victor Augusto


Você está autorizado e incentivado a reproduzir e distribuir este material em qualquer formato, desde que informe o autor e o blog www.paraprapensar.com, não altere o conteúdo original e não o utilize para fins comerciais.

Facebook Comments