ParaPraPensar.com

UM MENINO NOS NASCEU!

Porque um menino nos nasceu, um filho nos foi dado, e o governo está sobre os seus ombros. E ele será chamado Maravilhoso Conselheiro, Deus Poderoso, Pai Eterno, Príncipe da Paz. Isaías 9:6

Não quero aqui me ater aos fatos históricos sobre o Natal, onde e como surgiu, neste momento, prefiro que foquemos no real sentido desta festividade. Um dia, que não foi o 25 de dezembro, um menino nasceu, um menino em especial, o Senhor Jesus, Filho de Deus, Deus Filho. Soa como um grande paradoxo, Deus se fazer carne para habitar entre nós, seres humanos caídos e destituídos de Sua glória, mas Ele o fez. O Senhor Jesus, deixou seu Reino celestial e nasceu como homem, para que também vivesse, morresse e ressuscitasse, e que, através disto, todos os que Nele cressem não mais morressem, mas recebessem de Suas mãos a vida eterna.

Esse menino sobre o qual o Profeta Isaías predisse o nascimento é o centro do universo, a história do mundo mudou e foi dividida entre antes e depois Dele, porque nada nem ninguém continua igual depois que conhece a Jesus. Este menino que nos nasceu é Deus que se fez carne, Ele é Pedra Angular (Efésios 2:20), o Primogênito de toda a criação (Colossenses 1:15), o Juiz: (Atos 10:42; 2 Timóteo 4:8), o Rei dos reis e Senhor dos senhores: (1 Timóteo 6:15, Apocalipse 19:16), a Luz do Mundo: (João 8:12), o Filho de Deus: (Lucas 1:35; João 1:49), o Verbo (João 1:1, 1 João 5:7-8), Emanuel, Deus conosco (Isaías 7:14, Mateus 1:23), Pão da Vida: (João 6:35; 6:48), Redentor: (Romanos 11:26), Cordeiro de Deus: (João 1:29), Caminho, Verdade, Vida: (João 14:6) Maravilhoso Conselheiro, Deus Poderoso, Pai Eterno, Príncipe da Paz (Isaías 9:6) e tantos mais que me faltariam parágrafos para falar sobre Ele. O Rei da Glória nasceu e, principalmente, morreu, para que os que creem em Seu nome tivessem vida.

Não confundamos Natal com arvores bonitas, cores, luzes e papai noel. Isto em nada tem relação com o Natal verdadeiro, o real sentido do Natal é que Deus se fez carne e nasceu como um menino, o Salvador Jesus, o único que pode tirar o pecado dos homens e justificá-los diante do Pai. Esqueçamos por um momento todos os presentes trocados entre os amigos e familiares e lembremos que o maior presente que poderíamos receber Deus já nos deu, porque um menino nos nasceu, um filho nos foi dado. Jesus é o presente de Deus para a humanidade.  Ninguém jamais poderá nos dar o presente que o Eterno Deus nos deu, um Salvador único e suficientemente apto para livrar o homem das garras da morte e dar-lhe uma nova vida, e em abundância.

Louvado seja o Senhor Deus que nos presenteou com tamanha dádiva, um menino nasceu, o Dono do universo fez-se carne, o Senhor Jesus nasceu, viveu, morreu e ressuscitou.

Victor Augusto


Você está autorizado e incentivado a reproduzir e distribuir este material em qualquer formato, desde que informe o autor e o blog www.paraprapensar.com, não altere o conteúdo original e não o utilize para fins comerciais.

Facebook Comments