ParaPraPensar.com

O VERBO SE FEZ CARNE!

“Houve um homem enviado de Deus, cujo nome era João. Este veio para testemunho, para que testificasse da luz, para que todos cressem por ele. Não era ele a luz, mas para que testificasse da luz. Ali estava a luz verdadeira, que ilumina a todo o homem que vem ao mundo. Estava no mundo, e o mundo foi feito por ele, e o mundo não o conheceu. Veio para o que era seu, e os seus não o receberam. Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, aos que crêem no seu nome; Os quais não nasceram do sangue, nem da vontade da carne, nem da vontade do homem, mas de Deus. E o Verbo se fez carne, e habitou entre nós, e vimos a sua glória, como a glória do unigênito do Pai, cheio de graça e de verdade”. João 1:6-14 (acf)

João Batista veio como um precursor do Messias, como uma testemunha do Cristo, para certificar a respeito da Luz. Tal testemunho da parte de João teve por objetivo fazer com que todos os homens cressem que de fato Jesus era o Filho de Deus. E embora muitos pudessem achar que esta Luz era o próprio João, a verdadeira Luz que ilumina a todos os homens é o Senhor Jesus, o Cristo (Jo 1:4).

Jesus, o Verbo (Jo 1:1), estava no mundo, e todas as coisas existentes foram feitas por Ele (Jo 1:3), mas o mundo, que por Ele foi criado, não o reconheceu. Ele veio para os que eram seus, os judeus, mas estes o rejeitaram. Mas aos que não O rejeitaram, aos que creram verdadeiramente Nele, foi-lhes dado o direito de tornarem-se filhos do Deus Altíssimo. Filhos estes que não são nascidos por uma descendência humana natural nem tampouco por uma vontade humana, mas que são nascidos de Deus, segundo Seu propósito e vontade.

Jesus, o Deus filho, deixou Seu Reino Celeste para vestir-se de carne. O Rei do universo fez-se carne e viveu entre nós, e a Sua glória foi vista, glorioso como Unigênito do Pai, em toda plenitude de graça e verdade. O Senhor de tudo e todos fez-se homem para morrer por pecadores destituídos de Sua glória. O Verbo se fez carne! Quão bela é essa verdade, quão profundo é esse amor, o Senhor Jesus veio como homem de dores (Is 53:3) e sofreu até morrer para que nós, miseráveis pecadores, pudéssemos ser reconciliados com o Criador e feitos por adoção filhos de Deus.

Louvado seja o nosso Senhor Jesus, o Cristo, que Reina sobre todo o universo e, mesmo sendo o Glorioso Rei dos reis, fez-se carne e habitou entre nós, nos salvando da condenação eterna e reconciliando-nos com o Pai. Toda glória a Deus!

Victor Augusto


Leia também o primeiro post da série:
APRENDENDO COM O EVANGELHO DE JOÃO #001 - JESUS, O VERBO, A VIDA, A LUZ.

Você está autorizado e incentivado a reproduzir e distribuir este material em qualquer formato, desde que informe o autor e o blog www.paraprapensar.com, não altere o conteúdo original e não o utilize para fins comerciais.

Facebook Comments