ParaPraPensar.com

JESUS, O VERBO, A VIDA, A LUZ.

“No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus. Ele estava no princípio com Deus. Todas as coisas foram feitas por ele, e sem ele nada do que foi feito se fez. Nele estava a vida, e a vida era a luz dos homens. E a luz resplandece nas trevas, e as trevas não a compreenderam”.
João 1:1-5 (acf)

Antes de todas as coisas Ele já existia. Nosso Senhor e Salvador Jesus é eterno, O Eterno. As Sagradas Escrituras nos mostram através do Evangelho segundo João que no princípio de tudo o que existia era o Verbo, do grego logos, a Palavra, e que esta Palavra estava com Deus. Jesus é a Palavra que estava com o Senhor Deus. Ele é o Verbo que não apenas estava com Deus, como também era o próprio Deus. É interessante como nesta passagem encontramos de maneira cristalina a comprovação da Deidade (divindade) de Jesus. Pois quando ainda nada existia Ele já estava com Deus, e era Deus, e tudo o que veio a existir foi feito por intermédio Dele.

Em Gênesis, quando o Criador diz “haja luz”, e a luz logo aparece, é a Palavra que faz com que de fato haja luz. Ele é a expressão criadora do Pai e sem Ele nada do que foi feito poderia existir. Tudo foi feito por Ele. É de Jesus que flui toda a vida. Todos os seres que respiram só respiram porque Dele receberam vida. Não apenas tudo o que existe foi criado por Ele como também é Ele o sustentáculo de todas estas coisas existentes. O livro de Hebreus nos ensina que tudo o que há é sustentado pela Palavra do Seu poder (1:3). E, além de ser Jesus o que dá a vida e sustenta a tudo, é também a luz dos homens. Dele provém não apenas toda a vida, como também toda a sabedoria que foi dada ao homem.

Esta Luz, que é Jesus, resplandece nas trevas, pois as trevas e a luz não podem existir no mesmo tempo e espaço. As trevas só existem na ausência da luz. Retornando aos textos da fundação do mundo, percebemos que quando ainda a “terra era sem forma e vazia; e havia trevas sobre a face do abismo” (Gn 1:2) a Luz brilhou resplandecente sobre as trevas quando Deus Pai disse haja luz! Na tradução Almeida Corrigida Fiel, lemos que as trevas não compreenderam a luz(1:5), mas a palavra grega do original que aqui foi traduzida por compreenderam tem o significado, neste contexto, mais apropriado com as palavras derrotaram, ou venceram,  como traz a King James. Portanto, a Luz brilhou resplandecente nas trevas e as trevas não prevaleceram contra ela. Este é Jesus, o Verbo, a Vida, a Luz.

Que o Senhor o Jesus, o Verbo Vivo, te abençoe e ilumine a sua mente para que compreendas de maneira clara todas as Suas verdades. Deus seja louvado!

Victor Augusto


Você está autorizado e incentivado a reproduzir e distribuir este material em qualquer formato, desde que informe o autor e o blog www.paraprapensar.com, não altere o conteúdo original e não o utilize para fins comerciais.

Facebook Comments