ParaPraPensar.com

DE FATO AMAMOS A DEUS?

Aquele que tem os meus mandamentos e os guarda esse é o que me ama; e aquele que me ama será amado de meu Pai, e eu o amarei, e me manifestarei a ele.    João 14:21

Amamos a Jesus? De verdade amamos a Jesus?

Obedecemos os seus mandamentos? Se sim, porque o fazemos?

Será por medo de ir para o inferno? Por um desejo de ir para o céu? Ou quem sabe uma intensa vontade de ser prósperos aqui na terra?

Serão estes motivos válidos para obedecer os mandamentos do Senhor?

NÃO! Estes não são motivos válidos para obedecer os mandamentos do Senhor! Devemos obedecê-los porque O amamos, porque reconhecemos que Ele é o nosso Senhor e Salvador, e pelo fato de sabermos que a vontade Dele é melhor que a nossa. Por isso devemos obedecê-Lo, apenas por isso! Tudo resume-se no amor que temos por Ele.

Jesus diz que aquele que tem os seus mandamentos e os guarda esse é o que O ama, e que aquele que O ama será amado do Pai e Ele também o amará e se fará manifesto.

Entendemos então que aquele que verdadeiramente ama a Jesus também guarda os Seus mandamentos. E esse, o que guarda os mandamentos por amor a Ele, será também amado do Pai, e Cristo o amará e a ele se manifestará.

Ou seja, se você guarda os mandamentos por amor a Jesus, Ele o amará e se manifestará a você. Mas o que eu acho mais “louco” deste verso é quando Jesus diz que estes que tem os mandamentos e os guardam é que de fato são amados do Pai, e que são a estes que Cristo se manifestará.

Aí você pode se perguntar: Mas como assim? Se os que guardam os Seus mandamentos são os que realmente são amados Dele? Ele me amar seria portanto uma consequência de eu ser ou não obediente?

Não, não, não. Deus não nos ama pelo que fazemos, nem pelo que podemos fazer, Seu amor é incondicional, em nada depende de nós. O ato de guardar os mandamentos do Senhor por amor a Ele apenas nos é possível porque Ele primeiro nos amou e, antes mesmo da fundação do mundo, a Si mesmo entregou por nós.

Deus não me ama pelo que fiz ou por quem sou, antes eu o amo por quem Ele é. E este amor deve ser a força motriz que me impulsiona a buscar cumprir o que está nas Escrituras.

Em 1 João 5:3 lemos:

“Porque nisto consiste o amor a Deus: obedecer aos seus mandamentos. E os seus mandamentos não são pesados.”

Uma leitura simples deste versículo já nos permite compreender que em resumo amar a Deus não é ir ao culto do domingo, cantar, pular, ser dizimista, pregador nem nada do tipo. Amar a Deus é obedecer os seus mandamentos.

Não podemos amar a Deus e não guardar os seus mandamentos. Não faz sentido dizer que O amamos se não obedecemos Sua vontade. Se dissemos que amamos a Deus e de fato não guardamos os seus mandamentos somos mentirosos.

Ou seja, quer saber se você ama verdadeiramente a Deus? Reflita o quanto você busca cumprir os mandamentos Dele.

Lembrando que obedecer os seus mandamentos não deve ser um peso para nós, pois o simples fato de conhecê-Lo gera em nossos corações um intenso desejo de obedecê-Lo, de estar o mais próximo possível Dele, de estar no centro da Sua vontade.

Se não sentirmos este desejo de obedecê-Lo e praticar sua Palavra, algo está errado. Melhor então rever nossas vidas e nos questionar se realmente conhecemos e amamos a Deus.

Que o Eterno Deus gere em nós a cada dia um maior desejo de cumprir a Sua palavra.

Deus os abençoe.

Victor Augusto


Você está autorizado e incentivado a reproduzir e distribuir este material em qualquer formato, desde que informe o autor e o blog www.paraprapensar.com, não altere o conteúdo original e não o utilize para fins comerciais.

Facebook Comments