ParaPraPensar.com

POESIA – ANTES DE TUDO NOS AMOU

ANTES DE TUDO NOS AMOU

Fomos nós que matamos a Cristo;
Foi o nosso pecado que sobre Ele pesou;
Por nós na cruz seu sangue puro derramou;
Foi a nossa morte que Ele morreu…

Isto tudo porque antes de tudo nos amou,
E a nós mesmos escolheu.

Cristo, O justo, por nós injusto se tornou;
Como culpado entregou-se por nossa transgressão;
Pagou alto preço para nos trazer salvação;
Mas morreu a morte que não mereceu…

Isto tudo porque antes de tudo nos amou,
E a nós mesmos escolheu.

O Senhor me fez viver, me limpou e me sarou;
Sabendo o pecador que sou, imerecedor do Teu perdão;
Percebo que de nada sou digno, e nada mereço senão condenação;
Mas por Tua graça hoje digo: Cristo vive em mim, já não vivo eu!

Isto tudo porque antes de tudo nos amou,
E a nós mesmos escolheu.

Tu que criastes tudo, e sem o qual nada do que foi feito se formou;
Que é infinito em poder, em misericórdia e em amor;
De toda honra, louvor e glória És detentor;
Na pessoa de Cristo reconciliou-me consigo, hoje sou um filho de Deus.

Isto tudo porque antes de tudo nos amou
E a nós mesmos escolheu.

Com carinho, Victor Augusto.
Deus os abençoe


Você está autorizado e incentivado a reproduzir e distribuir este material em qualquer formato, desde que informe o autor e o blog www.paraprapensar.com, não altere o conteúdo original e não o utilize para fins comerciais.

Facebook Comments